Notícia

TRANSPORTE E DESENVOLVIMENTO URBANO

Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano
Sexta, 26 Abril 2019 16:06
MOBILIDADE URBANA

Estado avança com indenizações e obra do viaduto da PRF acelera

Governador Renan Filho e secretário do Transporte inspecionam construção do equipamento orçado em R$ 77,4 milhões

Cerca de 120 operários trabalham no projeto e segundo Mosart Amaral a tendência é que esse número aumente ainda mais com o avançar das frentes de trabalho Cerca de 120 operários trabalham no projeto e segundo Mosart Amaral a tendência é que esse número aumente ainda mais com o avançar das frentes de trabalho Márcio Ferreira
Texto de Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho e o secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, inspecionaram, nesta terça-feira (2), as obras de implantação do Viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de passagens inferiores (túneis) no entroncamento da BR-104 com a BR-316, no Tabuleiro do Martins, Maceió. Mais de 40% dos serviços já foram executados.


Renan Filho informou que o Governo do Estado está finalizando os processos de indenização da área onde está sendo erguido o Viaduto da PRF. Com a conclusão dos procedimentos, as obras devem avançar ainda mais. De acordo com ele, os dois túneis estão praticamente prontos.


“Essa obra é uma das mais importantes de Alagoas porque vai melhorar a mobilidade urbana de toda a capital para quem vai ao Aeroporto Zumbi dos Palmares, à Universidade Federal de Alagoas (Ufal), ao Hospital Universitário ou para quem vem do interior e deseja chegar ao Centro e à parte baixa de Maceió. Por isso, estamos focados para entregar essa obra o quanto antes”, declarou Renan Filho.


Cerca de 120 operários trabalham no projeto e segundo Mosart Amaral a tendência é que esse número aumente ainda mais com o avançar das frentes de trabalho. “Essa é uma obra reivindicada há muito tempo por todos. Trata-se do maior gargalo no trânsito aqui na entrada principal da cidade. É uma obra esperada e que está bem adiantada”, avaliou o secretário.


A obra é executada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), com recursos federais da ordem de R$ 77,4 milhões.